COMUNICAÇÃO

NOTÍCIAS


Médica desaparecida em Viana

06/04/2018 - 16:55


A Polícia Civil está investigando o caso da médica cardiologista Jaqueline da Penha Colodetti, que desapareceu na última terça-feira, quando voltava de Domingos Martins, na Região Serrana do Espírito Santo. O caso foi registrado na Delegacia de Pessoas Desaparecidas (DPD) pela família na tarde de ontem.

O carro da médica - um Kia Sportage - foi encontrado abandonado em cima da Ponte do Rio Jucu, em Viana. Segundo um caseiro de um sítio próximo ao local, a médica teria ficado parada dentro do carro por cerca de duas horas, entre 14h e 16h. A família acredita que ela se sentiu mal e teve um "apagão".

PERÍCIA
De acordo com o delegado José Lopes, titular da Delegacia de Pessoas Desaparecidas, o carro da médica será periciado. Um bilhete, supostamente escrito por Jaqueline, foi encontrado dentro do carro, junto das chaves e jaleco. O papel também passará por perícia para confirmar se a letra é ou não de Jaqueline.

Equipes do Corpo de Bombeiros realizaram buscas por mergulho, na manhã de ontem, no Rio Jucu. À tarde, outra equipe - com auxílio de um cão e seu guia - também realizou buscas até às 18 horas, na região de Biriricas, na tentativa de localizar a médica cardiologista.

Hoje, às 7 horas, grupos voluntários formados por familiares e moradores da região vão auxiliar o Corpo de Bombeiros na procura pela médica.

De acordo com a sobrinha da cardiologista, Barbara Colodetti, a família recebe várias notícias falsas sobre o desaparecimento de Jaqueline. "Nós recebemos algumas ligações dizendo que viram Jaqueline perto de onde foi encontrado o carro. Ela nunca sumiu assim, é uma surpresa total. Só queremos encontrá-la logo e bem", afirmou a sobrinha da cardiologista.

Fonte: Jornal A Gazeta