Sobre

Comunicação


Contribuição Sindical possibilitou pagamento de precatórios para médicos em todo o Estado
16/02/2018 - 19:04

Durante o mês de fevereiro o Sindicato dos Médicos do ES (Simes), exatamente a partir do dia 17, envia, via email, para os médicos do estado a Guia de Recolhimento da Contribuição Sindical para que a categoria possa colaborar e fortalecer as lutas de todos os médicos.

A CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), Arts. 578 e 579, com a redação dada pela Lei nº 13.467/2017, estabeleceu o desconto da Contribuição Sindical de todo profissional, independentemente de ser ou não sindicalizado, condicionada à autorização específica dos descontos em prol da respectiva categoria profissional. Em assembleia no Simes, ocorrida no dia 08 de janeiro de 2018 e deliberou pelo desconto da contribuição sindical relativa ao ano de 2018 no valor de R$ 299,00 - o mesmo dos últimos dois anos.

O pagamento da contribuição sindical ao sindicato de sua categoria profissional é instrumento de fortalecimento do trabalho diário de representatividade da categoria perante os empregadores, o Estado, bem como perante a própria sociedade. Para que seu sindicato seja representativo, é preciso que ele tenha força para implementar as políticas necessárias à defesa dos direitos e interesses da categoria representada e, somente com o apoio de seus filiados e associados, que são os maiores beneficiados com as ações da entidade, é possível alcançar todos os objetivos da categoria.

Porque a cobrança é realizada?

Não basta que apenas os médicos associados ao Simes realizem suas contribuições para que o Sindicato lute a favor de toda a classe. Graças à contribuição dos profissionais médicos é que temos acesso aos prefeitos, deputados, magistrados e governadores sempre em busca de negociar o melhor para os médicos de todo o Estado e não apenas aqueles que estão em dia com as suas contribuições. Além disso, graças ao equilíbrio financeiro conseguimos não recorrer aos colegas pedindo socorro a cada luta ou greve.

Dados sobre as últimas negociações, lutas políticas, jurídicas e conquistas do Simes:

1. Mais de R$ 500 milhões repassados aos médicos em ações de precatórios vencidas pelo Simes nos últimos dois anos;
2. Em 2018, 2 mil médicos serão contemplados com precatórios vencidos pela bancada jurídica do Simes;
3. Articulação do Simes que possibilitou o repasse de R$ 43 milhões para a saúde capixaba, aprovada pelo Ministro da Saúde, em 2017;
4. Mobilização da opinião pública através de campanhas em outdoors por todo o Estado cobrando maiores salários para a classe médica - Serra e Cachoeiro foram os municípios de maior repercussão;
 
"O Sindicato dos Médicos tem um alcance enorme para defender a sua classe trabalhista. Mas, todas as nossas ações somente são possíveis com a contribuição de todos os médicos em prol do bem coletivo. Essas lutas são mantidas graças às contribuições dos associados e das Contribuições Sindicais.", apontou o presidente do Simes, Dr. Otto Baptista, que foi além. "O Simes é a única entidade representativa da classe e que tem permissão legal para defender o médico ética, civil e criminalmente, também nos âmbitos trabalhista e previdenciário, mas, para tal, é necessário que os médicos mantenham toda essa estrutura viva. O interesse individual e coletivo do médico passa, única e exclusivamente, pelo Sindicato dos Médicos do Espírito Santo", finalizou.

Serviço
Caso o médico não tenha recebido seu boleto da Contribuição Sindical 2018 ou tenha dúvidas a serem sanadas a respeito deste tributo, o mesmo deve entrar em contato com o Simes através dos endereços eletrônicos abaixo:

imprensa@simes.org.br
comunicacao@simes.org.br
simes@simes.org.br
(27) 2104 6060
(27) 99299 6778

$('body').on("click","a,img", function (e) { //e.preventDefault(); alert('You Clicked Me'); });