Sobre

Comunicação


O Simes é a casa do médico: confira algumas de nossas ações em 2017
09/01/2018 - 16:09

O Sindicato dos Médicos do Espírito Santo é a entidade responsável pela classe em todo o território estadual. A defesa do profissional médico passa inúmeras ações dos nossos diretores e no decorrer do ano de 2017, o Simes percorreu todo o Estado com diversas bandeiras e vitórias foram conquistadas em favor da classe.

O Sindicato trava batalhas no âmbito jurídico, vai às ruas, utiliza campanhas de comunicação de massa e busca, a todo momento, sensibilizar tanto a opinião pública quanto a perspectiva dos atores dos 3 poderes do Estado.

Abaixo, listamos algumas das batalhas travadas pelo Sindicato dos Médicos do Espírito Santo para que o médico tenha um mínimo de dignidade ao exercer sua profissão.

Movimento Unificado dos Servidores Públicos (MUSP) - Serra
O MUSP é um movimento criado por mais de 11 sindicatos de diferentes categorias voltadas para os servidores públicos municipais e luta contra os abusos dos gestores da Serra.

https://goo.gl/SMZt7T
https://goo.gl/U7Ju4Y
https://goo.gl/JMswxM
https://goo.gl/cPi8Wr

Vitórias em âmbito judicial
O Simes tem uma banca de advogados que luta, inteiramente, pelos interesses da classe médica, seja em ações individualizadas ou em ações coletivas. O ano de 2017 ficou marcado por vitórias em ações de precatórios, que duraram décadas em tramitações judiciais, além, é claro, de vitórias do nosso coro jurídico em ações individuais para profissionais médicos.

https://goo.gl/HlzXoq
https://goo.gl/RjJtq9
https://goo.gl/TNY5YS
https://goo.gl/chhk5b

Congressos
O Sindicato entende que, como entidade representativa da classe médica, tem como uma de suas obrigações a capacitação na busca pelo entendimento da classe a respeito de seus direitos trabalhistas, não apenas através das lutas paredistas ou judiciais, mas, também, de maneira didática. Dessa forma, o Simes ofereceu dois Congressos no ano de 2017. Foram eles o "Ginecologistas Obstetras: Quem éramos, quem somos e quem seremos?'' e o "III Fórum Previdenciário e Trabalhista".