Sobre

Comunicação


Sindicato dos médicos faz blitze em unidades de saúde de Cariacica
09/05/2016 - 16:41

Conforme noticiado nesta terça-feira (03) pelo G1 ES, o Sindicato dos Médicos do Espírito Santo (Simes) fez blitze em cinco unidades de saúde de Cariacica, na Grande Vitória, na manhã desta terça-feira (3).

A intenção era fiscalizar em qual situação estão trabalhando os profissionais da área. A vistoria terminou por volta de 13h. Outras blitze serão feitas, de surpresa, em outras cidades do estado.

O primeiro local visitado foi a Unidade de Saúde de Vila Graúna. Na entrada, a equipe do sindicato se deparou com uma fila grande de pacientes e ouviu queixas. “Não tem condições de uma pessoa só para vacinar um monte de gente”, relatou uma mulher.

A vistoria continuou dentro da unidade de saúde onde o presidente do Simes, Otto Baptista, constatou vários problemas.

“Falta médico. Só tem um nessa unidade para atender sete bairros. Pelo que eu tenho conhecimento, são 10 mil atendimentos por mês. Precisamos ver, oficialmente, se é isso. Aqui você vê um aglomerado, um amontoado de pacientes e lá dentro o espaço é mínimo, inaceitável para o médico e a equipe de enfermagem trabalhar e para essa população ser assistida. Imagina uma pessoa contamina com H1N1, já alastrou para todo esse ambiente. É um ambiente insalubre”, disse.
saiba mais

Após o término da vistoria o presidente do sindicato disse ao G1 que as condições de algumas unidades representam um atentando contra dignidade humana.

“A unidade de Nova Rosa da Penha II funciona em uma espécie de barracão com divisórias de madeira. Outras são verdadeiros improvisos, sem ventilação, sem médicos e superlotadas. Se o PA de Cariacica está sobrecarregado é porque a atenção básica da cidade não existe. As condições de atendimento e trabalho nos entristece”, relatou Baptista.

O presidente do Simes disse que vai enviar um relatório com texto e imagens ao Ministério Público (MP-ES) e ao Conselho Regional de Medicina (CRM-ES).

“Esses órgão precisam fiscalizar e tomar providências cobrando ao gestor humanização do atendimento. O que está acontecendo lá é um atentando contra dignidade humana tanto do profissional da saúde quando do paciente que busca socorro”, reclamou Baptista.

Prefeitura de Cariacica

A Secretaria de Saúde de Cariacica informa que, apesar de não ter sido comunicada sobre a vistoria, entende que o Sindicato dos Médicos está no seu papel de órgão de fiscalização.

Disse ainda que, com relação à Unidade de Saúde de Vila Graúna, a secretaria informou que a unidade existe há muitos anos e que há a vontade de reformar o local. Entretanto, não consegue captar recursos. E, mesmo ciente dos problemas de infraestrutura, mantém os serviços e o atendimento para que a população não seja prejudicada.

A prefeitura disse que em relação ao atendimento, o médico que atendia no Programa Mais Médico na US de Vila Graúna pediu para sair. Entretanto, no próximo dia 16, um novo profissional estará atendendo no local.

Já com relação à vacinação, a prefeitura afirma que uma técnica de enfermagem é o suficiente. Porém, devido à campanha de vacinação contra a gripe, o movimento aumentou.