Sobre

Comunicação


Simes defende, vitoriosamente, profissional acusado de erro médico
12/07/2017 - 17:31

O departamento jurídico do SIMES apresentou defesa em uma ação indenizatória interposta em face de um médico especializado em ortopedia e traumatologia, obtendo êxito em sua defesa.


A paciente ajuizou ação indenizatória em 2010, alegando que foi submetida a um procedimento cirúrgico realizado pelo médico por sentir dores intensas e dormências nas mãos. Informou, ainda, que após a cirurgia ficou impossibilitada de movimentar o dedo, o que dificultou a mobilidade da mão. Porém a paciente não deu continuidade ao tratamento com o médico, sendo este sempre prestado de forma diligente e correta, escolhendo tratar-se com outro médico.

Assim, após 7 anos de trâmite processual, o Juiz Fábio Luiz Massariol entendeu pela improcedência dos pedidos formulados na inicial, fundamentando que neste caso, a obrigação é de meio no qual o médico não se compromete a curar efetivamente, mas a prestar os serviços de acordo com os métodos adequados.

Dessa forma é entendimento do Juiz que “em consonância das alegações das defesas, que inexiste a incorreção de técnica empregada na cirurgia realizada na paciente”, bem como com a verificação do laudo pericial, a documentação juntada e com os depoimentos das testemunhas, afirmou que “não foi apresentado qualquer dado conclusivo que indique existir negligência, imperícia e imprudência”.