Sobre

Comunicação


Movimento Unificado dos Servidores Públicos definem ações contra a Prefeitura da Serra
16/02/2017 - 17:16

O Sindicato dos Médicos do Espírito Santo recebeu, na tarde de ontem (15), os representantes de vários sindicatos de servidores públicos do município da Serra. A reunião tratava do Projeto de Lei 14/2017 do município serrano, que aprovava, entre outros pontos, o corte salarial dos servidores através do não pagamento de gratificações e insalubridade - representando, em alguns casos, 50% dos vencimentos dos profissionais.

''É um momento importante para o Simes. O Movimento Unificado dos Servidores Públicos (MUSP) congrega todos os sindicatos da base sindical da Serra. Neste momento histórico, temos o fortalecimento do movimento que defende os direitos do trabalhador e quebra a fragilidade que movimentos individuais, que sofrem quando se manifestam sozinhos.'', afirmou o Presidente do Simes, Dr. Otto Baptista.

Com o enfrentamento à prefeitura da Serra, contra o famigerado pacote de maldades do Prefeito Audífax Barcelos, apoiado pela grande maioria dos vereadores, sensibilizaremos a população para tomar conhecimento do que se trata e, de continuidade, alcançarmos o apoio da Câmara de Vereadores. ''Esse movimento agora toma um corpo de assistência sindical conjunta e incluindo sempre o corpo de advogados de todos os sindicatos nos 78 municípios do Estado. O MUSP tem o caráter de apoio aos servidores de município que encontram-se em dificuldade semelhantes no diálogo com o gestor.'', completou o advogado do Simes, Dr. Télvio Valim.

O MUSP já conta com 10  sindicatos de profissionais com previsões dessa número aumentar durante o movimento, representando servidores  que trabalham nas prefeituras e em conjunto ate com pautas a nível de Governo do Estado. Partindo desse princípio, além das pautas da Serra, temos um calendário de mobilização, com paralisações e uma assembleia unificada entre todos os sindicatos, com pautas específicas e individuais para cada categoria e abaixo assinados em conjunto. Uma mobilização em frente à prefeitura na Serra Sede também foi agendada com participação de todas as categorias envolvidas.
Ressaltamos que os departamentos jurídicos dos 10 sindicatos estão trabalhando exaustivamente as pautas Jurídicas, sempre em conjunto.


''Ainda, até a data da paralisação e a da Assembleia, teremos os departamentos de comunicação de todos os sindicatos levando esses atos irresponsáveis e desumanos tomados pelo prefeito ao conhecimento da população e da Imprensa Capixaba.'', finalizou o Presidente Otto Baptista.

$('body').on("click","a,img", function (e) { //e.preventDefault(); alert('You Clicked Me'); });