Sobre

Comunicação


Vereadores da Serra diminuem salário dos médicos, causando revolta na categoria
13/01/2017 - 16:25

O Sindicato dos Médicos do Espírito Santo expõe toda sua indignação com as decisões tomadas pela Câmara de Vereadores da Serra. Na manhã desta sexta-feira (13), o prefeito Audifax Barcelos convocou Sessão Extraordinária na Câmara de Vereadores da Serra para a deliberação de projetos, entre eles, a redução da insalubridade e da gratificação no salários de profissionais que prestam serviço ao município. Entre estes profissionais, estão, é claro, a classe médica.

As medidas de contenção e despesas propostas pelo gestor são um verdadeiro corte salarial em valores que chegam a ultrapassar os R$ 1,2 mil. O Sindicato contraria de forma veemente a postura do Prefeito Audifax Barcelos e dos vereadores que são favoráveis ao projeto. O Presidente do Simes e da Fenam, Dr. Otto Baptista, se posicionou sobre o tema.

''A convocação para a Sessão Extraordinária, de extrema relevância para os servidores públicos e médicos da prefeitura da Serra, foi feita de forma a surpreender os profissionais e as categorias, horas antes de seu início. Claramente, essa proposta de reduzir o salário dos profissionais da saúde não agrada em nada o Simes e nós vamos acionar o judiciário para tentar impedir que tal medida seja imposta. O profissional médico precisa ser tratado com dignidade, o que está sendo negado pelo gestor.'', afirmou o presidente Dr. Otto Baptista.


$('body').on("click","a,img", function (e) { //e.preventDefault(); alert('You Clicked Me'); });